Como escolher o melhor chocolate para sua saúde

Há alguns anos vem-se estudando o consumo de chocolate e sua relação com a saúde humana. O cacau presente no chocolate, contém polifenóis, substâncias que trazem benefícios a nossa saúde e tem ação antioxidante, prevenindo o envelhecimento de todas as células do corpo; ação cardioprotetora, prevenindo a agregação plaquetária e coagulação do sangue e ação anti-inflamatória.

chocolate

Apesar de tantos benefícios, não é em todo chocolate que pode ser encontrada a ação dos flavonóides, pois de acordo com algumas pesquisas científicas, a destruição dos compostos fenólicos naturalmente presentes nas sementes de cacau se dá principalmente nas etapas realizadas para o desenvolvimento do sabor de chocolate, as quais favorecem a diminuição da adstringência e do amargor. Além disso, a adição de leite também pode prejudicar a biodisponibilidade dos polifenóis.

Para aproveitar ao máximo os benefícios destas substâncias, a melhor opção é ingerir o chocolate amargo, com 60% ou mais de cacau ou o cacau em pó. A ingestão recomendada é de cerca de 40g deste chocolate ao dia (um tablete pequeno).

O chocolate ao leite, apesar de estar em processo de constante atualização, ainda quase não contém flavonoides, pela diluição do cacau, adição de açúcar e leite a composição, não sendo indicada, portanto sua ingestão diária.

Pessoas com alergias ou intolerâncias podem optar pelo chocolate sem glúten, sem lactose ou a base de soja, já para os diabéticos a opção pode ser o amargo ou o diet.

 

Karina Rigo

Nutricionista RT Nutricard

CRN8-5355

 

Fontes:

EFRAIM, Priscilla, et. al. Polifenóis em cacau e derivados: teores, fatores de variação e efeitos na saúde. Braz. J. Food Technol., Campinas, v. 14, n. 3, p. 181-201, jul./set. 2011.